Opinião - 20/09/2017 - 06:03:20

 

Contraponto...

Contraponto...

 

Vicente Barone * .

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Vicente Barone é analista político, editor chefe do Grupo @HORA de Comunicação, foi executivo de marketing em empresas nacionais e multinacionais, palestrante nacional e internacional em marketing social, cultural, esportivo e trasnporte, além de ministrar aulas como professor de 3º

Vicente Barone é analista político, editor chefe do Grupo @HORA de Comunicação, foi executivo de marketing em empresas nacionais e multinacionais, palestrante nacional e internacional em marketing social, cultural, esportivo e trasnporte, além de ministrar aulas como professor de 3º" e 4º graus


Muitas notícias povoam as redes sociais. Algumas contra e outras favoráveis aos invasores em terras de São Bernardo.

O que nos assusta é a facilidade com que esses movimentos adentram as comunidades já existentes e promovem tumulto e desassossego aos munícipes da cidade.

O mais estranho é ver a “justiça” proteger invasores em terrenos particulares que deveriam, em qualquer lugar do planeta, serem removidos de pronto.Mas, como dizem os defensores, “eles precisam de apoio social, de ajuda”. Ora todos passam por bons e maus momentos, conheço muitos que estiveram à beira do abismo, mas não invadiram nada e nem se apropriaram de nenhum bem de terceiro.Na minha modesta opinião, aqueles que precisam de apoio buscam em órgãos capazes de realmente dar guarida a essas necessidades. Mas, ao que parece, é mais produtivo e lucrativo buscar o caminho errado do que o certo. Será que eles querem ajuda ou querem se locupletar com essas invasões? Será que o objetivo, que deveria ser social, não está desvirtuado para político e financeiro? Tenho minhas dúvidas!

Moradores da região do Assunção flagraram carros e caminhonetes novos carregando o material da ocupação. Os locais foram demarcados, mas muitos não estão ocupados de verdade.

A insegurança começa no consumo de drogas flagrado em vídeo e os moradores estão receosos de saírem às ruas. E a “justiça” onde está? O direito à propriedade é claro na Constituição, mas ao que vemos ela foi banalizada. O dono não pode reaver o que é seu e sofreu esbulho, como diziam os mais descolados, “NA CARA DURA”!

E a culpa é de quem? Acredito que o maior culpado seja o grupo que incentiva esse tipo de atitude, como massa de manobra para gerar efeito de medo e insegurança. Afinal quem grita mais alto intimida e assim caminham os discursos nos carros de som da conhecida CUT que utiliza o suor dos trabalhadores de verdade para sustentar aventuras política que estão levando o país ao buraco negro da corrupção sem freios...

* Vicente Barone é analista político, editor chefe do Grupo @HORA de Comunicação, esteve à frente de diversas campanhas eleitorais como consultor político e de marketing, foi executivo de marketing em empresas nacionais e multinacionais, palestrante nacional e internacional para temas de marketing social, cultural, esportivo e de trasnporte coletivo, além de ministrar aulas como professor na área para 3º e 4º graus - www.barone.adm.br

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




MTST faz protesto na capital paulista pedindo negociação sobre terreno ocupado


Em congresso do Partido Comunista, presidente chinês defende reformas econômicas


Mostra de Cinema de SP chega aos 41 anos e exibe 395 filmes


Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP


MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo


Entrou no ar novo site do Museu da Língua Portuguesa