ABCD - 05/10/2017 - 17:59:06

 

Orlando Morando assina com a CAF e confirma retomada de obras em São Bernardo ainda este ano

Orlando Morando assina com a CAF e confirma retomada de obras em São Bernardo ainda este ano

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Andre Piccinini

 

Orlando Morando assina a contratação de crédito externo, no valor de US$ 125 milhões (R$ 394 milhões), junto à CAF (Corporação Andina de Fomento)

Orlando Morando assina a contratação de crédito externo, no valor de US$ 125 milhões (R$ 394 milhões), junto à CAF (Corporação Andina de Fomento)


O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, assinou nesta quinta-feira (05/10) a contratação de crédito externo, no valor de US$ 125 milhões (R$ 394 milhões), junto à CAF (Corporação Andina de Fomento), garantindo a retomada de todas as obras inacabadas na cidade ainda neste ano. Inúmeros projetos foram deixados abandonados e com documentação travada pela antiga gestão do ex-prefeito Luiz Marinho (PT).

Em agenda oficial na Capital Federal, o prefeito de São Bernardo formalizou toda a documentação necessária com o executivo sênior da CAF, José Rafael Neto. Ficou estabelecido que dentro de um prazo de 10 dias será enviada a primeira missão ao município que vai culminar no reinício dos projetos parados de infraestrutura, como o Corredor Leste-Oeste – via que ligará os extremos da cidade – e o Projeto Drenar – sistema de combate as enchentes, por meio do Piscinão do Paço e na região da Vila Vivaldi.

A formalização da assinatura conclui todo o processo iniciado pela atual gestão de São Bernardo, que tratou com prioridade a retomada de todos os projetos que ficaram por anos abandonados na cidade. O ato de assinatura teve a presença dos secretários Delson José Amador (Transportes) e José Luiz Gavinelli (Finanças),  a procuradora da Fazenda Nacional Ana Lúcia de Oliveira Gatto e o diretor representante da CAF, Victor Manuel Silvestre Rico Frontaura.

“A boa gestão pública precisa ter bom planejamento. Propor a sua cidade início, meio e conclusão de todo e qualquer projeto. Quando assumimos a Prefeitura em janeiro, a situação apontava para um abandono dos serviços e uma série de problemas documentais. Mesmo sem orçamento e com muitas dificuldades, empenhamos muito esforço e que hoje premia o nosso trabalho”, pontuou Morando.

“Para nós, a assinatura é extremamente importante. Primeiramente, porque a cidade precisa. As obras que estão relacionadas, de uma certa forma, atingem a população como um todo em setores importantes. Cumprimos o nosso papel de um banco de fomento”, explicou José Rafael Neto.

Em agosto, o prefeito de São Bernardo esteve em Brasília participando da sessão do Senado, que deu, em plenário, a última autorização que o município necessitava para iniciar o processo de obtenção do crédito. “Foi um processo de trabalho, que avançou em cada um de seus obstáculos, como a Procuradoria Geral, Governo Federal”, acrescentou o prefeito.

Antes, o município havia conquistado a autorização do Ministério da Fazenda e em junho, a Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), vinculado à Pasta de Planejamento, e o Banco Central do Brasil já haviam dado permissão para a operação. O município recebeu nota de risco de classificação B por parte do governo federal.

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




MTST faz protesto na capital paulista pedindo negociação sobre terreno ocupado


Em congresso do Partido Comunista, presidente chinês defende reformas econômicas


Mostra de Cinema de SP chega aos 41 anos e exibe 395 filmes


Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP


MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo


Entrou no ar novo site do Museu da Língua Portuguesa