Economia - 06/10/2017 - 19:17:59

 

Trabalhadores aceitam proposta e encerram greve nos Correios

Trabalhadores aceitam proposta e encerram greve nos Correios

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Os trabalhadores dos Correios decidiram aceitar a proposta de acordo coletivo apresentada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e, com isso, encerrar a greve da categoria iniciada em 19 de setembro

Os trabalhadores dos Correios decidiram aceitar a proposta de acordo coletivo apresentada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e, com isso, encerrar a greve da categoria iniciada em 19 de setembro


Os trabalhadores dos Correios decidiram hoje (6) aceitar a proposta de acordo coletivo apresentada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e, com isso, encerrar a greve da categoria iniciada em 19 de setembro. De acordo com o secretário-geral da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) José Rivaldo da Silva, os trabalhadores retornam ao trabalho na próxima segunda-feira (9).

Até o início da noite de hoje, dos 31 sindicatos filiados à Fentect, 25 votaram pela aprovação da proposta de acordo formulada pelo TST. Apresentada na última quarta-feira (4), a proposta prevê reajuste de 2,07% nos salários e benefícios, retroativo ao mês de agosto deste ano, manutenção das cláusulas sociais, compensação de 64 horas (oito dias) e desconto dos demais dias de ausência, além da manutenção das cláusulas já existentes no acordo firmado no ano passado.

A Cláusula 28 do acordo firmado no ano passado, que trata do plano de saúde, continua sendo mediada pelo TST.

“Valeu a luta da classe trabalhadora”, afirmou José Rivaldo. “O saldo geral da paralisação é extremamente positivo. Entramos em greve no último dia 19 com uma proposta dos Correios que retirava grandes direitos conquistados há mais de 30 anos e, com a greve, começaram a vir propostas. Não perdemos nenhum direito, e vale a pena lutar para manter os Correios como estatal”, disse o secretário-geral da Fentect.

Para reduzir os impactos da paralisação, os Correios adotaram o Plano de Continuidade de Negócios, com deslocamento de empregados entre as unidades e o pagamento de horas extras.

De acordo com os Correios, neste fim de semana, será realizado um mutirão com expectativa de entregar aproximadamente 5 milhões de cartas e encomendas.

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




MTST faz protesto na capital paulista pedindo negociação sobre terreno ocupado


Em congresso do Partido Comunista, presidente chinês defende reformas econômicas


Mostra de Cinema de SP chega aos 41 anos e exibe 395 filmes


Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP


MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo


Entrou no ar novo site do Museu da Língua Portuguesa