Temer convoca Exército para intervir na segurança do Rio de Janeiro


 

Nacional - 16/02/2018 - 04:27:03

 

Temer convoca Exército para intervir na segurança do Rio de Janeiro

Temer convoca Exército para intervir na segurança do Rio de Janeiro

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Intervenção militar ainda não tem prazo para término

Intervenção militar ainda não tem prazo para término


Temer, em reunião ontem, 15, convocou o Exército para realizar uma intervenção militar federal no Rio de Janeiro. A decisão levou em conta a atual situação da segurança no Estado.

O interventor escolhido para a operação com responsabilidade sobre as polícias e a área a de inteligência será o general Walter Braga Netto.

A decisão para a intervenção militar no setor de segurança foi tomado após uma reunião entre o presidente Michel Temer, ministros e representantes do Congresso (Câmara e Senado), além da aceitação do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão.

Agora caberá ao presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), convocar uma sessão com as duas casas legislativas para que aprovem ou rejeitem o projeto da intervenção na segurança carioca. O prazo máximo para que o projeto seja votado é de dez dias.

Inicialmente fala-se de uma intervenção militar até dezembro de 2018, mas isso não ficou certo e poderá permanecer mais tempo se for necessário.

Outra decisão do governo Temer será a criação de um novo ministério para cuidar, exclusivamente, da área de segurança pública. A pasta proposta por Temer será temporária e irá durar enquanto o governo, por meio de avaliações, entender que existe a real necessidade de sua continuidade.

Diversos nomes já estão sendo cogitados pelo governo Temer para ocuparem a pasta do novo ministério, entre eles o do atual ministro da Defesa, Raul Jungmann, o ex-secretário de Segurança Pública do Rio José Mariano Beltrame, o ex-governador de São Paulo, Luiz Antônio Fleury Filho, e o subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha.

 



;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Governo do Estado anuncia medidas para fortalecer o setor automotivo


Bolsonaro assina MP determinando que contribuição sindical deve ser cobrada por boleto


Lula volta para carceragem em Curitiba após cremação do corpo do neto


Lula acompanha velório do neto Arthur em São Bernardo


Turismo interno deve girar R$ 3,5 bilhões no estado do Rio de Janeiro


Balança comercial tem segundo melhor saldo da história para fevereiro