Haddad grava programa eleitoral em frente da sede da PF em Curitiba


 

Politica - 16/08/2018 - 23:24:57

 

Haddad grava programa eleitoral em frente da sede da PF em Curitiba

Haddad grava programa eleitoral em frente da sede da PF em Curitiba

 

Da Redação com Estadão Conteúdo

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Na saída da visita ao ex-presidente Lula, Haddad (à direita) disse no vídeo que

Na saída da visita ao ex-presidente Lula, Haddad (à direita) disse no vídeo que "a perseguição ao Lula é a mesma que matou Tiradentes e Getúlio Vargas"


O candidato a vice-presidente da República na chapa do PT nas eleições 2018, Fernando Haddad, gravou nesta quinta-feira, 16, cenas do programa eleitoral petista em frente ao prédio da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde o candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva está preso, condenado em segunda instância pela Lava Jato, desde abril.

Na saída da visita ao ex-presidente, ele disse no vídeo que "a perseguição ao Lula é a mesma que matou Tiradentes e Getúlio Vargas", mas que o petista resiste. "Ele está preso enquanto o governo Temer bagunça o país, corta direitos do povo e entrega nossas riquezas", declarou.

Logo depois, em coletiva à imprensa, Haddad disse que os petistas já esperavam reações contrárias ao registro de candidatura de Lula, mas que o partido aguarda que o possível enquadramento do candidato na lei da Ficha Limpa seja apreciado pelos tribunais superiores antes de ser julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). "Estamos muito confiantes de que o TSE vai aguardar a decisão do Superior Tribunal de Justiça ao nosso recurso para convalidar o registro e ele figurar na urna", disse.

Haddad  diz ser 'inconstitucional' pedido da Lava Jato

O ex-prefeito de São Paulo disse ainda que é manifestamente "inconstitucional" o pedido do força-tarefa da Lava Jato no Paraná de tentar barrar visitas de Haddad e da presidente do PT Gleisi Hoffmann como advogados de Lula. "[Seria um] fato inédito, a cassação da prerrogativa de advogado", declarou. Antes de Haddad, também visitaram Lula o ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim e o argentino Adolfo Pérez Esquivel, Nobel da Paz. Amorim entregou a Lula um livro sobre a história do próprio ex-presidente na Lava Jato autografado pelo Papa Francisco.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Nascidos em março e abril já podem receber Abono Salarial 2017


Sem moeda & sem cartão


Saiba quais são os empregadores que precisam entregar a declaração


FORD não vai mais atuar no segmento de caminhões na América do Sul


USP cancela matrículas de estudantes de colégios militares aprovados pelo Sisu


Horário de verão termina neste domingo em 10 estados e no DF