Economistas veem guinada "eleitoral" de Paulo Guedes


 

Politica - 26/10/2021 - 06:09:46

 

Economistas veem guinada "eleitoral" de Paulo Guedes

Economistas veem guinada "eleitoral" de Paulo Guedes

 

Da Redação com BBC Brasil

Foto(s): Divulgação / Abr

 

Chamado de Posto Ipiranga por responder sobre o projeto econômico de Bolsonaro, ministro Paulo Guedes se mostrou alinhado com as perspectivas eleitorais do presidente ao apoiar aumento do valor do Auxílio Brasil

Chamado de Posto Ipiranga por responder sobre o projeto econômico de Bolsonaro, ministro Paulo Guedes se mostrou alinhado com as perspectivas eleitorais do presidente ao apoiar aumento do valor do Auxílio Brasil


O anúncio do ministro, que contrariou expectativas de saída do cargo por discordar dos rumos econômicos do Planalto, foi interpretado como o fim de seu compromisso com princípios de responsabilidade fiscal e de sinalização de alinhamento com as perspectivas eleitorais do presidente.

"Depois de sexta-feira está mais do que claro que o que interessa para o Guedes é a reeleição do Bolsonaro. Se a economia vai sair machucada disso ou não, não me pareceu ter muita preocupação sobre isso", afirmou Sergio Vale, economista-chefe da MB Associados.

Os técnicos do Ministério da Economia sugeriram que o Auxílio Brasil ficasse em R$ 300. Guedes disse que atenderia o desejo do presidente de fixar o valor em R$ 400 e pediu "uma licença" para gastar R$ 30 bilhões fora do teto de gastos. Com a PEC dos Precatórios, que prevê uma mudança no cálculo do reajuste do teto de gasto, o governo deve abrir um espaço de ao menos R$ 83,6 bilhões a mais para gastar em ano eleitoral.

Guedes negou que seja um "fura-teto", sustentou que a proposta do benefício está "muito longe de afetar a sustentabilidade fiscal" e declarou que, se Bolsonaro fosse populista, "teria pedido R$ 600, R$ 700" para o auxílio.

O ministro também citou a necessidade de assistência à população. "Nós entendemos a política que diz o seguinte: 'Olha, o teto é um símbolo de austeridade, é um símbolo de compromisso com as gerações futuras'. Mas nós não vamos deixar milhões de pessoas passarem fome para tirar 10 em política fiscal e tirar zero em assistência aos mais frágeis."

...Continue Lendo...

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Produções do Núcleo de Trabalho e Arte dos Caps de São Bernardo conquistam prêmio cultural


Prefeito Orlando Morando discute obras de mobilidade e habitação com ministro Rogério Marinho


MEC publica edital para adesão das instituições ao Fies de 2022


Nascidos em dezembro têm até o dia 31 para aderir ao saque-aniversário


São Bernardo reforça prevenção ao vírus HIV em campanha do Dezembro Vermelho


Fundo Social de São Bernardo homenageia empresas parceiras com Selo Solidariedade