SP libera criação de AME e dá início às obras do Viaduto Estaiado em São Bernardo


 

ABCD - 26/06/2022 - 14:10:20

 

SP libera criação de AME e dá início às obras do Viaduto Estaiado em São Bernardo

SP libera criação de AME e dá início às obras do Viaduto Estaiado em São Bernardo

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Gov do Estado de SP

 

Governo do Estado também liberou recursos para urbanização do Núcleo Alvarenguinha e recapeamento de avenida

Governo do Estado também liberou recursos para urbanização do Núcleo Alvarenguinha e recapeamento de avenida


O governador Rodrigo Garcia liberou neste domingo (26), em São Bernardo do Campo, a criação de um Ambulatório Médico de Especialidades (AME) na cidade e deu início às obras do Viaduto Estaiado Robert Kennedy/Piraporinha. Na ocasião, o governador também liberou R$ 69,2 milhões para urbanização e revitalização ambiental do Núcleo Alvarenguinha, beneficiando mais de 1,3 mil famílias que residem no assentamento, que fica em área de Proteção e Recuperação dos Mananciais (APRM), às margens da Represa Billings.

“Vamos fazer aqui o AME mais desenvolvido, tecnológico e resolutivo do estado. Será também o maior. O AME que será instalado aqui será cirúrgico, em que a pessoa chega de manhã, faz a cirurgia e sai à tarde. Será muito importante para a população de São Bernardob do Campo”, destacou Rodrigo.

As obras do AME terão início ainda neste ano. A unidade será implantada no antigo Pronto-Socorro Central municipal, uma área de 5 mil m², que passará por reforma realizada pela prefeitura. A previsão é que a obra seja concluída no segundo semestre de 2023 e o investimento será de R$ 20 milhões.

Viaduto

A principal função do Viaduto Elevado é servir de ligação direta entre os corredores Robert Kennedy, Couros e 31 de Março, interligando os bairros da região do Grande Alvarenga aos bairros da Paulicéia, Taboão e Rudge Ramos, sem necessidade de passarem pela área central da cidade. Com a nova interligação, haverá melhor distribuição no fluxo de veículos que utilizam a Avenida Fagundes de Oliveira, em Diadema, que constitui atualmente a única opção.

O investimento será de R$ 120 milhões, além de uma contrapartida da Prefeitura local no valor de R$ 13,3 milhões. No total, a obra contará com recursos de R$ 133,3 milhões.

Com previsão de tráfego de 20 mil veículos por dia, o elevado terá 760 metros de extensão, com duas faixas de rolamento em cada sentido, além de passagem para pedestres. O ponto mais alto do viaduto terá 50 metros de extensão. Também será executado recapeamento asfáltico no trecho da Avenida Robert Kennedy para o acesso ao viaduto. A obra deve gerar 3 mil empregos diretos e indiretos.

Núcleo Alvarenguinha

Rodrigo Garcia em SBC

A urbanização e revitalização ambiental do Núcleo Alvarenguinha será realizada pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) em parceria com a Prefeitura de São Bernardo do Campo, por meio do programa de Desenvolvimento Urbano (PDU) da Casa Paulista. O investimento total é de R$ 69,2 milhões, provenientes do Fundo Paulista de Habitação de Interesse Social (FPHIS), vinculado à Secretaria de Estado da Habitação.

As obras abrangem implantação de infraestrutura de água, esgoto, iluminação pública, drenagem, pavimentação e sistema viário, incluindo acesso à área. As intervenções visam potencializar a recuperação socioambiental do território, assegurando a conservação das bordas d’água, os remanescentes de Mata Atlântica, bem como os biomas mais impactados na região. Paralelamente, promoverá a convivência harmônica entre os modos de vida dos moradores e a preservação do meio ambiente.

A CDHU fará o trabalho técnico social para a mobilização comunitária necessária para a implementação da intervenção. O prazo para execução das obras é de até 18 meses contados a partir da data da assinatura do convênio.

A Prefeitura de São Bernardo do Campo será responsável por disponibilizar o diagnóstico e conjunto de estudos para subsidiar os projetos e a licitação das obras pela CDHU. Também deverá elaborar os projetos básicos e executivos das obras a serem executadas pela CDHU, além de promover a regularização fundiária conforme aprovações urbanísticas e ambientais.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Campanha eleitoral começa hoje nas ruas do país


Eleições 2022: como polarização política se manifesta nos pátios das escolas


Justiça do PR nega habeas corpus a policial que matou tesoureiro do PT


Policial que matou tesoureiro do PT já está em Complexo Médico Penal


Eleições 2022: calendário oficial aprovado pelo TSE


Dólar cai para R$ 5,07 e fecha no menor nível em dois meses