Suspeitos são baleados e mortos pela polícia no litoral paulista


 

Litoral - 04/02/2024 - 17:05:32

 

Suspeitos são baleados e mortos pela polícia no litoral paulista

Suspeitos são baleados e mortos pela polícia no litoral paulista

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Reprodução Twitter Polícia Militar SP

 

Ação procura responsáveis pela morte de agente da Rota

Ação procura responsáveis pela morte de agente da Rota


Ações de repressão da Polícia Militar (PM) de São Paulo terminaram com suspeitos baleados e mortos no litoral paulista neste fim de semana. Agentes fazem buscas na região à procura dos responsáveis pela morte do soldado Samuel Wesley Cosmo. Ele era lotado na Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) e foi baleado durante patrulhamento em Santos na sexta-feira (2).

De acordo com o informado neste domingo (4) pelo secretário estadual de Segurança Pública, Guilherme Derrite, três equipes da Rota fizeram um cerco em pontos de fuga na Vila dos Criadores, em Santos, quando foram surpreendidos por criminosos. Três suspeitos foram baleados e morreram. Com eles, foram apreendidas três armas, 110 porções de maconha, 76 porções de cocaína e 196 porções de crack.

Pela rede social X (antigo Twitter), Derrite informou que o governo seguirá “com uma operação de inteligência para desarticular o crime organizado”.

Na noite de sábado (3), o secretário tinha comunicado que policiais do 3º Batalhão de Choque, também na Baixada Santista, se depararam com indivíduos que atiraram contra a equipe. “Um deles, com passagens por roubo e furto, foi neutralizado e evoluiu para óbito”, detalhou Derrite.

A reportagem perguntou à Secretaria de Segurança Pública se há o registro de outras mortes de suspeitos na região relacionadas às buscas pelo assassino do policial Cosmos, mas não recebeu resposta até a conclusão da reportagem.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




STF forma maioria para manter foro privilegiado mesmo ao deixar cargo


Dólar volta a subir e atinge R$ 5,09 após dados de inflação nos EUA


Lula sanciona, com veto, projeto que proíbe saidinha de presos


Liberdade de expressão não é liberdade de agressão, diz Moraes


São Paulo: sítio arqueológico guarda antiga indústria de pedra lascada


São Paulo vence Cobresal no final e respira na Libertadores