Em 1º Feirão de Emprego na saúde, São Bernardo atrai 3.000 inscritos pré-selecionados


 

ABCD - 28/06/2024 - 17:28:54

 

Em 1º Feirão de Emprego na saúde, São Bernardo atrai 3.000 inscritos pré-selecionados

Em 1º Feirão de Emprego na saúde, São Bernardo atrai 3.000 inscritos pré-selecionados

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Omar Matsumoto / PMSBC

 

Com formato inovador, evento no Ginásio Poliesportivo ofertou mais de 1.300 vagas, em parceria da Prefeitura com a iniciativa privada

Com formato inovador, evento no Ginásio Poliesportivo ofertou mais de 1.300 vagas, em parceria da Prefeitura com a iniciativa privada


Segmentado e estruturado como marca. Em linha prioritária do fomento à geração de novas oportunidades na cidade, a Prefeitura de São Bernardo, governada por Orlando Morando, organizou nesta sexta-feira (28/06) o 1º Feirão de Emprego exclusivo na área da saúde, nas dependências do Ginásio Poliesportivo da Avenida Kennedy. Com inscrições prévias on-line, o evento registrou a participação concreta de 3.000 pessoas pré-selecionadas.

O feirão ofertou mais de 1.300 vagas, dentro deste formato inovador, visando melhor eficiência e acolhimento do público. Entre as empresas parceiras estavam o Complexo Hospitalar, Fundação ABC, Rede D’Or, Drogasil e Cirmed. Os candidatos foram divididos por horário marcado e cores, dependendo do cargo e firma contratante. Mediante essa classificação, os departamentos de RH das empresas desenvolveram, no local, a primeira triagem e prova como passo inicial do processo seletivo.

“Esse é um feirão diferenciado. Já tivemos voltados a 45+, PCD, primeiro emprego e mulheres em outras ocasiões e, agora, lançamos evento setorizado. Estamos nos moldando após pioneirismo da iniciativa. É processo continuado e temos aprimorado a cada edição. São Bernardo passa por momento excepcional na geração de emprego, o que é comprovado pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), fruto de boas políticas, atraindo empresas, sem aumento de tributos, leis de incentivo e desburocratização”, pontuou o chefe do Executivo municipal.

A medida é encabeçada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Trabalho e Turismo de São Bernardo. Titular da Pasta, Fernando Longo frisou ter recebido demanda do mercado por trabalhadores da saúde. “Há uma expectativa muito grande da iniciativa privada, que nos procurou, em busca de profissionais do setor. Percebemos, por sua vez, que existia também demanda deste público. O nosso trabalho se deu em unir esses anseios e montar essa estrutura.”

A relação de vagas disponíveis era composta pelas funções de médico intensivista e ginecologista/obstetra, além de enfermeiro, técnico de enfermagem, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, cuidador terapêutico, farmacêutico, nutricionista, recepcionista e assistente administrativo.

Moradora do bairro Batistini, a farmacêutica Vitória do Nascimento, de 25 anos, demonstrou confiança na recolocação no mercado, após passar por uma das etapas do processo. “Adorei a iniciativa específica na área da saúde. Nunca tinha visto outra cidade realizar algo neste sentido. Gostei da dinâmica para seleção do perfil. Creio que me saí bem. Só de ter participado já considero que foi incrível (pela experiência).”

Técnica em enfermagem, Antônia Dierica Oliveira, de 29 anos, moradora do bairro Piraporinha, na divisa de Diadema com São Bernardo, falou que a conquista do emprego formal, com carteira assinada na área, é a realização de vida. “Para mim, é um sonho. Vim do Ceará aos 20 anos, estudei muito e coloquei na cabeça que iria entrar na área da saúde. Agora formada, estou em busca desta oportunidade.”

Para a analista de Recrutamento da RD Saúde - bandeira que une a Raia e Drogasil -, Roselaine Dias, o evento vai contar com “bom índice de aprovação e novas pessoas no mercado”. “Estamos participando pela primeira vez de feirão em São Bernardo, em busca de talentos, e verificamos bastante gente se identificando com perfil da empresa.”

CAGED – Com políticas públicas assertivas na criação de empregos, São Bernardo acumulou, entre janeiro e maio deste ano, 8.021 postos com carteira assinada no município, de acordo com dados do Caged. O resultado mantém a cidade no topo do ranking na esfera do Grande ABC e em quarto lugar no Estado de São Paulo, atrás apenas da Capital, Guarulhos e Campinas. Apenas no mês de maio, São Bernardo contabilizou saldo positivo de 1.235 vagas.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Eleições municipais: convenções partidárias começam neste sábado


Apagão cibernético afetou site e sistemas judiciais do Supremo


A disrupção (apagão) virtual global afeta voos, bancos, telecomunicações e mídia em geral


INSS orienta segurados a usarem serviços digitais durante greve


Dólar fica perto de R$ 5,60 com incertezas no Brasil e no exterior


Justiça suspende leilão para venda da Oi Fibra